O conteúdo audiovisual, usualmente provido por uma produtora de vídeos institucionais, tem grande alcance de público em todas as plataformas, especialmente se for uma animação 2D ou uma animação 3D – modelos de vídeos para empresas que têm obtido grande retorno em campanhas de marketing no Youtube. Afinal, os vídeos institucionais conversam com as pessoas, aproximando-as da marca e podendo ser consumidos em qualquer aparelho, a qualquer hora, prendendo facilmente a atenção de quem assiste às apresentações empresariais.

Contudo, para que se tenha a efetividade esperada de um vídeo institucional para empresas, é necessário não somente ter uma boa produção de vídeo em termos técnicos. De fato, é um aspecto essencial, mas não deve receber o foco total das produtoras de vídeos, nem um enorme investimento financeiro. Além de bem elaborados, os vídeos institucionais corporativos precisam ser criativos, a fim de atraírem e prenderem a atenção do público-alvo.

Para você fazer isso, vamos dar cinco dicas de conteúdos criativos que podem garantir grande audiência. Confira!

1. Envolva as pessoas com storytelling

O termo storytelling significa “contando história” na tradução literal. E é exatamente essa a técnica a ser levada em conta durante a produção de um vídeo institucional: aplicar o assunto em uma narrativa. Assim, ilustra-se bem a mensagem a ser passada. Além disso, torna também os vídeos corporativos mais atrativos e próximos dos espectadores. Afinal, a pauta passa a ser trabalhada em termos emocionais e humanos. Quanto ao quesito técnico, o contexto é o que explica e torna o apresentação da empresa tangível.

Transmitir algo de forma clara é sempre melhor na prática. Tal aspecto dá credibilidade ao retorno real ou à finalidade desejada em qualquer investimento – em especial quando o assunto são vídeos institucionais.

Apresente uma história verdadeira ou crie uma fictícia na qual o produto e a empresa se encaixem, ou outro objeto central de produção. Então, apresente pontos de conflito ou dificuldades nas quais o tema aparece como resolução.

2. Ensine com tutoriais

Esse tipo de produção de vídeo tem enorme capacidade para provocar quem assiste, além de prover soluções e explicações sobre utilização de determinados produtos. Outro ponto, é que pode ser a chave para captar clientes em potencial, fazendo com que escolham a sua empresa e não outra.

Mostre em um vídeo tutorial como funciona seu negócio e/ou produto, além do que sua organização oferece a clientes já retidos e àqueles que podem vir a ser convertidos. Caso o objetivo das pessoas seja mostrado como possível num vídeo institucional desse modelo, não haverá objeção de compra após a comprovação.

3. Descontraia e gere conexão com animações

Desenhos não são apenas coisa de criança. As animações, seja uma animação 2D ou animação 3D, têm poder nos vídeos institucionais e dispensam o emprego de atores e local físico com locação.

Invente histórias animadas e mostre seu produto ou sua empresa por meio delas. Com um bom roteiro de vídeo e personagens simpáticos aos espectadores, certamente seu público verá a animação do início ao fim, ainda que os fins sejam corporativos. Por isso, as chances de se atingir os objetivos almejados são potencializadas.

4. Legitime competência com depoimentos de clientes

Uma forma potente de deixar boa impressão é por meio de pessoas externas ao empreendimento dizendo isso. É ainda melhor do que o próprio negócio produzir qualquer tipo de conteúdo da natureza “cases de sucesso”.

Colha depoimentos de clientes falando sobre boas experiências com sua organização e como isso ocorreu. Sendo possível e tendo a ver com o negócio, peça para que eles exponham resultados em porcentagens, pois qualquer um que assista também vai querer ter um “crescimento de 45% nas vendas em seis meses com a automatização de processos”, por exemplo.

5. Misture ideias

Nesse caso, manter a coerência e desenvolver com cuidado é ainda mais importante, além de a revisão do trabalho precisar ser minuciosa. De preferência, faça algo desse tipo em vídeos de pelo menos três minutos, para que a montagem não fique corrida e amontoada.

Como exemplo, é possível gravar um tutorial e aplicar essa demonstração de funcionamento a uma história na qual eventos vão acontecendo e se faz necessária a aplicação da solução. Ou também se pode colher depoimentos e animá-los em meio às falas dos clientes a fim de ilustrar.

Não é de hoje que o formato audiovisual é extremamente atrativo e gera bons resultados. Mas, como em qualquer outro tipo de conteúdo, deve-se trabalhar bem tecnicamente e ter uma ideia criativa e coerente. Não se pode esquecer ainda da trilha sonora, pois a errada pode prejudicar um bom trabalho imagético e criativo.

De preferência, conte com o apoio de profissionais especializados de uma produtora de vídeos.

Sua empresa já produziu vídeos institucionais? Deixe o link para a gente nos comentários! E se precisar de ajuda ou resposta para alguma dúvida, comente abaixo.