A produção de vídeos tem se tornado uma das estratégias mais promissoras no meio digital, se levarmos em consideração seus benefícios para todos os envolvidos. Para os negócios, é uma das formas mais práticas de se comunicar com seu público-alvo e transmitir uma mensagem clara e objetiva. Contudo, antes de começar a gravar, alguns pontos devem ser considerados, como o formato mais adequado, sua qualidade, o meio de publicação e, claro, o tempo do vídeo.

Para te ajudar nessa missão, preparamos este post especialmente para você. Continue lendo e descubra o tempo ideal para sua produção!

Considere algumas questões antes da produção

A primeira coisa a se pensar é no tipo de vídeo, pois, dependendo do formato da produção, o tempo poderá ser maior ou menor. Vejamos alguns dos mais comuns:

  • Publicitários: são indicados para quem quer atrair novos clientes e agregar maior valor à marca, sendo mais acessíveis que outros tipos de mídias, como revistas e TV;
  • Tutoriais: explicam o funcionamento de algum produto, como um passo a passo da receita de bolo, por exemplo;
  • Depoimentos: trazem explicações e histórias de atuais clientes da empresa, identificando o antes/depois de usar determinado produto e/ou serviço;
  • Treinamentos: possuem seu foco nos colaboradores da empresa, por isso, é possível deixar toda a equipe mais alinhada e comprometida. Além disso, permite reduzir os custos de treinamentos presenciais.

Outro ponto importante a se considerar é o meio de divulgação da produção. Atualmente, ferramentas como o Facebook, o YouTube, blogs e sites são bastantes utilizadas. O Instagram, por exemplo, permite vídeos com duração máxima de 60 segundos.

Estes são os mais comuns, mas não os únicos. Planeje com atenção o tipo de vídeo e o meio de divulgação, levando em consideração seu público-alvo, seja ele interno ou externo. Depois, você poderá ter uma noção mais clara do tempo necessário.

Lembre-se que tamanho não é documento

Não existe um limite específico de tempo: o tamanho do vídeo deve ser suficiente para atingir seu objetivo ou para contar uma história. Enquanto vídeos de treinamento podem chegar a horas de gravação, outros, como os publicitários, podem durar apenas alguns segundos.

Não pense que o tamanho do seu vídeo está relacionado à sua eficiência, pois não é verdade, tanto é que os vídeos mais breves tendem a ser mais eficientes, promovendo mais visualizações e compartilhamentos do conteúdo.

Para ser breve, corte tudo o que for desnecessário e cansativo. Busque ter uma linguagem clara e objetiva, mostre que tem conteúdo e que entende do assunto. Isso é indispensável para conquistar seu público de interesse.

Busque qualidade

Hoje, não é tão difícil produzir vídeos, afinal, a tecnologia tem facilitado todo o processo. Porém, é preciso ter em mente que sua produção será, muitas vezes, um cartão de visitas para seus clientes, e que a primeira imagem é a que fica.

Por isso, busque produzir vídeos de qualidade. Questões como público-alvo, roteiro, trilha sonora, animações e edições devem ser consideradas. Se possível, busque o auxílio de um profissional que já atue na área, com o know-how para produzir conteúdo de qualidade.

E então, agora que já sabe como definir o tempo de vídeo ideal para a sua produção, que tal compartilhar nosso post em suas redes sociais? Assim, você permite que mais profissionais tenham acesso ao nosso conteúdo.