Apesar da importância do assunto, ainda existem empresas que não trabalham bem sua comunicação visual, lidando com ela de um jeito amador. É um erro não dar a devida atenção a essa atividade, afinal, ela é um recurso fundamental para assegurar mais visibilidade às marcas. A falta de atenção com essa área muitas vezes é motivada pela falta de conhecimento sobre suas peculiaridades. 

Pode parecer clichê, mas em muitas situações as empresas têm comprovado a veracidade da famosa frase de Confúcio: “uma imagem vale mais que mil palavras”. Vide o sucesso dos tutoriais em vídeos, que, no mundo inteiro, vêm ajudando a orientar os consumidores sobre o uso adequado de produtos e serviços.

Em vez de um longo texto explicativo, um vídeo funciona bem, uma vez que é bem mais fácil mostrar o que precisa ser feito do que descrever, correto? Mas é necessário ficar atento aos mitos que envolvem essa área:

Vídeos publicitários são muito caros

Isso depende do tipo de material. Se requer uma grande produção, realmente, os valores são altos. Mas, com a digitalização do processo de produção hoje, há opções bem acessíveis e, o que é muito importante, com a qualidade adequada.

E, reconhecidamente, estamos falando de um material que tem um grande poder de engajamento. Afinal, o nosso nível de envolvimento emocional é efetivamente maior quando estamos diante de uma imagem. Além disso, outros fatores influenciam positivamente nesse processo, como o emprego de uma boa música ou efeitos de animação. Enfim, vídeo continua imbatível nesse quesito, ainda mais nestes tempos de curtidas e compartilhamentos!

Nada funciona melhor que o olho no olho

A comunicação interpessoal continua muito importante e, se tudo der certo, por muitos anos ainda vamos nos valer dessa estratégia nos nossos relacionamentos pessoais. Porém, no ambiente profissional, temos que reconhecer que os vídeos ocupam um importante papel, facilitando bastante o dia a dia das empresas.

É o caso dos programas de treinamento, que, com o emprego de vídeos, podem ser aplicados a um número maior de colaboradores. Têm funcionado muito bem, também, os vídeos com depoimentos de clientes. Neste caso, temos uma amplificação do tradicional “boca a boca”. A plataforma muda, mas o efeito é o mesmo: permitir que as pessoas compartilhem suas experiências de forma direta e espontânea. Podemos ficar em dúvida sobre um comentário num post da marca, mas é bem mais difícil colocar em xeque a veracidade de uma imagem, correto?

Qualquer um pode fazer um vídeo

Para que suas estratégias nessa área sejam vencedoras, fique atento à necessidade de contar com profissionais especializados. Bons resultados com vídeos dependem diretamente da qualidade dos materiais produzidos. Além da questão técnica, pesa o fato de os especialistas se envolverem com a estratégia de negócio da empresa. Ou seja, isso não é trabalho para amadores, e sim profissionais!

Por tudo o que vimos, é fácil deduzir que o investimento em comunicação visual deve ser intensificado, aproveitando, por exemplo, as vantagens dos vídeos para aprimorar o relacionamento mantido pelas marcas com seu público interno e, claro, consumidores finais. O mais importante é ter uma estratégia bem definida e entender melhor o que pode ser feito nessa área.

Interessado em conhecer mais sobre a produção de vídeos e como usá-los em sua estratégia de comunicação visual? Deixe seu comentário no post que vamos esclarecer suas dúvidas sobre o assunto!